Estação da Biodiversidade da Bravura

Este percurso no sopé da serra revela um habitat de matos esclerófitos com predominância de Cistáceas, contrasta com a galeria ripícola de elevada importância ecológica. A paisagem forma um mosaico se sons, cheiros e cores que se alteram com a sazonalidade.

Ligação com as UFCDs – 4303; 4429; 4464; 5262; 3060; 3114; 3108; 5263; 4428; 4463; 6679; 5261; 4426; 4427; 5265; 9658; 9659; 4302; 6680; 3115; 3113: 5581; 00098; 3112; 3059; 4462; 9652; 9669; 3501; 4126; 3085; 9657; 9655; 9654; 4132; 4301; 3502; 6365